quarta-feira, maio 18

OS FILHOS E A ESCOLA


Eduação é tudo, todos sabemos.
Seu papel social é de peso extremo e somente através dela, nossos filhos poderão ser adultos livres e conhecedores. Por isso quando chega a época de escolher uma escola, ficamos aflitos e ansiosos em nos assegurar que a instituição que escolhemos tem um ensino consistente e que realmente preparará nossos pequenos para mais tarde.
Quando olho para a Sofia e para o Theo, minha cabeça de mãe pensa em muitas coisas. Quero que eles cresçam fortes, sadios fisica e emocionalmente, alegres, equilibrados... Tanto gostaríamos de garantir como pais. O céu é o limite. 
Projetar a vida dos filhos nos alegra e é importante pensar no futuro deles, mas sabemos que lá na frente, algumas escolhas, somente eles poderão fazer, eis a importância do conhecimento na vida deles.
Todo esse meu papo, porque escola é pauta constante entre pais e mães. Mesmo quando a escolhida por nós atende em todos os quesitos, como é meu caso. Gosto do sistema de ensino (métodos e interatividade) e especialmente da filosofia (essa questão da filosofia é bem interessante. Penso que ela - junto a outras também valiosas -  praticamente determina nossa opção. Muitas vezes o que é legal e tem a ver com meu estilo não tem a ver com o de uma outra família e vice-versa). 
Pensando em tudo isso, conversando com uma grande amiga (mãe de dois) e vendo algumas matérias sobre educação no Brasil, as ideias renderam o post e a vontade de saber a opinião de vocês sobre o assunto.
Em nosso país, tanto há para caminhar quando o assunto é esse, principalmente se enveredarmos para as escolas públicas, conversávamos...
(Pra completar, hoje pela manhã, uma crônica do Alexandre Garcia colocou mais lenha na fogueira dos meus pensamentos, quando evidenciou o pouquíssimo que nossa cultura estimula em termos de conhecimento. Não aquele amontoado de informação  a que hoje temos acesso, mas o conhecimento renovador e transformador, aquele que somente bons exemplos e uma excelente base são capazes de garantir. Isso. O conhecimento libertador.)
E nas conversas e trocas de experiências com outras mães - e pais - vamos aprendendo e afinando ainda mais aquele faro materno para observar e entender o que é melhor para nossa cria.
Por aqui, procuro manter uma relação saudável e o mais próxima possível, com a mantenedora do colégio das crianças e para tanto, sinto que conhecer outras entidades e sistemas de ensino, também contribui quando nos reunimos todos (escola e pais), para discutir sobre tudo; sejam dúvidas, medos, sugestões ou qualquer outra coisa que agregue.
Cada vez mais, vou sentindo que a caminhada do aprendizado - o das crianças e o nosso -  é perpétua. Que podemos melhorar sempre no aprender e no ensinar e que a jornada dos nossos filhos é especial e única, cabendo a nós seus genitores e protetores, ensiná-los a fazer com que ela cintile sempre mais, e o conhecimento é uma das chaves para isso.


Obs.: Amigos, falei sobre visitarmos e conhecermos instituições de ensino mesmo depois de nossos filhos já matriculados em alguma que tenha nos agradado. Semana passada conheci o Visconde de Porto Seguro. Adorei  as estruturas e deixei o link para que saibam mais sobre a filosofia deles. 



18 comentários:

Roberta M. disse...

Oi Mi, vc nao tem noçao da agonia que ando com essa coisa de escola, se já é dificil prá uma criança normal, prá criança que tem alguma especialidade é 3x pior, porque temos que ter a certeza que ali, naquele espaço que era prá ser acolhedor, ele vai ser bem recebido e aceito, se as suas diferenças vao ser entendidas e respeitadas....olha, já vi de tudo aqui em Goiania, já tive que tira-lo de nataçao, yoga, curso de teatro, música.....nao é fácil!! To em panico total pois esse ano é o ultimo dele nessa escola e tenho que enfrentar uma nova escola ano que vem, desafio enorme!! O negócio é procurar, ser o mais sincero possivel consigo e com a escola e buscar uma parceria !! Beijocasss

AC disse...

Mi,
Fiquei cheio de curiosidade pelo tema, pois não conheço o sistema educativo do Brasil. Volto mais tarde para ler os comentários.

Beijo :)

ValeriaC disse...

É minha querida... na verdade, estamos cada dia aprendendo a ser pais, efetivamente... e isso continua...mesmo que eles estejam mais velhos, como os meus...temos que aprender a lidar com o novo, o tempo todo.
Quem não tem condição financeira, tem que se sujeitar ao que as escolas públicas proporcionam, infelizmente são de uma qualidade muito aquém do que mereceriam nossas crianças e em função dos impostos que pagamos. deveriam ser ótimas! Mas não são...
Já quem tem condições de pagar escola particular, tem mesmo que escolher pelo idoneidade, pelo método de ensino, tem que haver sintonia com o que a familia segue, acredita e deseja para seus filhos...
E vamos seguindo, sabendo que estamos sempre tentando fazer o melhor pelos nossos filhos.
Beijos...
Valéria

Mi Satake disse...

Amigos q alegria e tranquilidade q dá dividir essa agonia, como disse a Ro, com vcs!

E muito complicada a questão do ensino no Brasil, AC.
Como disse a Val no comentario seguinte ao seu, pagamos inumeros impostos e o ensino publico é vergonhoso.
As particulares tem filosofias diversas e como a Val tb disse, conta a idoneidade. Senão a questão lucrativa fala mais alto em detrimento ao restante.

Temos muuuitíssimas instituições de mantenedores altamente capacitados e envolvidos até o coração com a educação, cabe a nós pais nos interarmos e acompanharmos a trajetória da escolha q escolhemos para nossos filhos. Amanhã isso contará, certamente.

Adoro vcs!
Super beijo
Mi

Micheli disse...

Ai, amiga, esse negócio de escola é complicado. Adoro esse ambiente escolar, acompanhar de perto tudo o que se relaciona com a educação da minha pequena... Estou sempre em contato com a direção e preofessoras, não deixo passar nada. Mas tenho dúvidas, sim, com as diferenças de ensino, filosofias, etc.
Andei me chateando com a escola da pequena ela primeira vez e eu, que tinha certeza que ela ficaria ali até o fim da ed. infantil, agora já tenho minhas dúvidas. Já não concordo mais tanto com a visão da diretora... E sinto tanto quando a pequena (que ama a escola) vem reclamando que não teve tempo de brincar. Tão pequena e já com tanta atividade!
Qualquer hora vou escrever sobre isso o que vem ocupando minhas ideias...
Beijos.

Anne disse...

Isso muito me interessa.
ainda que joaquim seja um baby de berçãprio, estou atenta.
pergunto tudo, questiono e cobro, com educação e atenção.
o que não me agrada, sugiro mudança, mando links, mando referências...
se eu não participar da vida escolar do meu filho, que responsabilidade tenho sobre ela?
bjo

Mi Satake disse...

Ah q acho msm q temos q participar, e falar muuuito sobre isso, meninas!

Participar é msm fundamental, pq o q não nos agrada deve mesmo mudar dentro do ambiente q nosso filho frequenta. E normalmente o q não agrada um pai, tb não agra da outro. Normalmente.

Bjks mil

Tatiana disse...

Oi Mi!
Tenho total certeza da importância do envolvimento dos pais(ou só da mãe) na escola.
Sempre fui ativa na escola dos meninos, me deixando a par dos problemas e acontecimentos, fora as amizades que conquistei com outras mães.
É isso ai,Mi,continua se mantendo que vale a pena!!!
Super obrigada pelas suas dicas la no blog, mas acabei decidindo não comentar mais la no blog,pelo menos por enquanto. Vai me sobrar mais tempo para as visitas!!
Tava com saudades "docê"!
Beijocas!

S* disse...

Acho que vou ser muiiiito rigorosa com a educação dos meus futuros filhos... detesto gente mal formada.

Malu disse...

Mi,

Excelente sua abordagem de um tema que tanto preocupa pais e mães.
Já passei por essa agonia , esse medo em acertar a melhor escola ...
Temos mesmo que ir sempre conhecendo , aprendendo e nos atualizando .
No final tudo dá certo .
:)

Bjo Grande !

Mi Satake disse...

Meninas(os), eu fico seriamente preocupada com essa questão. Penso em como prepará-los sem tornar o estudo, a leitura, eventuais cursos, coisas chatas.

Mas no final dá td certo sim, Ma!
Bjos
Bjos a todos e obrigada pelos recadinhos!

Mi

Cae Fernandes disse...

Oi Mi!! Saudades daqui...ando meio enrolada!!! rsrsr
Olha, não tive filhos, mas mesmo assim entendo as dúvidas dos pais, afinal a educação é a base de tudo!!! E o Brasil anda tão carente dela,não é???
Tenha um ótimo fim de semana!
Bjos

Mamma Mini disse...

Mi querida, eu acho que educação é tudo e é o maior legado que a gente pode deixar para alguém, quando se trata de nossos filhos acho que a escola é uma pauta constante porque nossa expectativa em relação a eles é gigantesca e é claro que a instituição que está com a missão de passar tantaas coisas para eles tem um peso gigante, o importante nisso tudo é levar em consideração o perfil dos nossos filhos, nossos valores e reavaliar nossa expectativa em relação aos filhotes (falo por mim mesma) ás vezes os cobramos e nos cobramos demais...rs, vai me visitar desta vez no baby bum? please... beijo! saudades! Fê

Danielle Martins disse...

Querida Michelle, realmente escolher o futuro dos nossos filhos é sempre uma tarefa que merce muito cuidado. Trabalho em uma escola de educação infantil, onde o trabalho é realizado por pessoas que amam o que fazem e se dedicam muito. Fico feliz com sua preocupação e com a beleza que dedica-se aos seus pimpolhos!
Bijinhos!

Rosi disse...

Ei, amiga!!
Quanto tempo! Saudades de passar por aqui. Aos poucos estou voltando à rotina. Sempre que der passarei por aqui!
bjos

Mi Satake disse...

Um final de semana lindo pra todas vcs mamães e não mamães (ainda)rsrs!

To por aqui arquitetando o sorteio q falei no blog, ta?

Bjo
Bom finde!

♪ Sil disse...

Mi,

Eu sempre pesquisei muito as escolas onde a Gi estudou.
Tive a sorte imensa de colocá-la em escolas maravilhosas (E do Estado), e hoje, mesmo ela na faculdade, fiz o que tinha que fazer:
Conheci a faculdade, pesquisei no MEC, fui conhecer os professores, e sempre procuro me inteirar dos amigos dela (Viro mãe de todos rsrs), mas sempre quis os amigos da gi perto de mim, saber quem eram, conhecer a familia, etc.
Infelizmente o ensino público hoje deixa muito a desejar, e as escolas particulares são de preços abusivos.
Talvez um dia isso mude.

Um beijooooo minha querida!!!

Cantinho She disse...

Oi Minha Querida! Excelente esse seu post, imagino sim que não seja nada fácil encontrar o Cantinho que vai pautar a educação dos filhos...
Beijo, beijooo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...