terça-feira, janeiro 11

AS DRACENAS, JANIS JOPLIN, BOBBY MCGEE... E EU


Quem me conhece um pouquinho (ou um montão), sabe que adoro plantas e Janis Joplin. 

As primeiras me carregam para um outro lugar - esteja eu onde estiver - , quando estamos naquelas trocas (adubação, podas, rega) quase que...simbióticas. As músicas da Janis... bem, estas idem.

Ontem foi dia de cuidar, com uma atenção toda especial, de uma de minhas Dracenas; entretanto a energia inesgotável dos meus filhos ( estão sempre me rodeando, estes pequenos, sempre na barra da saia, como falava minha avó), tira boa parte da concentração necessária para o ofício. Nestas horas ouvir sobre Bobby McGee, ajuda (bastante).
Os que, como eu, curtem Janis, sabem que ela era, entre muitíssimas outras coisas e poréns, intensa; e o modo como ela descreve Bobby e sua aventura amorosa junto dele, pela Luisiana e outros lugares, até a Califórnia,  traz uma sensação de transmutação (pra quem ouve com o coração, ela cantar)... De sentimentos e energias. É quase como pular de uma vida ditada e repleta de regras extremamente complicadas e desnecessárias, para uma experiência mais simples,  porém plena.

Toda vez que ouço esta canção (Me and Bobby McGee), viajo com ela e Bobby, de carona, assim meio sem destino, embalada pelo som da gaita, dentro de um denim surrado e botinas empoeiradas pela terra do Kentucky.
Claro que Bobby e Janis não tiveram filhos; mesmo naquele intenso furor. Nem Dracenas cheias de cochonilhas, imagino eu. Tiveram sim, uma química da-quelas, num amor destes meteóricos, mas que nos deslocam no tempo. Tiveram por um tempo, um ao outro.
Acho bonita a intensidade do sentimento deles, mesmo aparentando ter acontecido num caso fugaz.

...E quando a história vai terminando, estou toda interada com minha Dracena, vou voltando para os meus filhos e para o meu Bobby McGee.


P.S.: Me and Bobby McGee, foi escrita por Kris Kristofferson. Portanto Bobby nasceu como mulher. Janis foi quem, habilmente, "mudou" o sexo da moçoila.
A Canção foi destaque do álbum Pearl, lançado em 1971, 6 meses após a morte da cantora.

22 comentários:

Chica disse...

Linda mistura essa.Ficou legal!beijos,chica

Mãe Mochileira,filho malinha.. disse...

Oi!definitivamente seus post nos fazem viajar..seja em palavras,em musica,em poesia,ou ate mesmo numa introspecção e pensar na gente mesma....;-)
Beijos,querida..tb curto muito mexer nas minhas plantinhas..passo horas nessa função e me faz um bem danado!!!
uma otima semana p vc! ;-)

Renata Fagundes disse...

eu adoro essa sua mistura leve e divertida Mi

saudades de vc dona sumida..rs


beeeeeeeeeeijo

AC disse...

Mi,
Dracena, os filhos e Janis Joplin: assim até o mundo parece estar em paz.

Beijo :)

Roberta M. disse...

Dracenas....pardon, mas tive que consultar o google ( eu disse que tento ser a menina dedo verde, mas só rola nos esmaltes rsss), já Janis habita minha vida há muitos anos, é realmente sempre uma viagem, eu adoro!!! Beijocas

Mi Satake disse...

Gente, vcs são demais!
E eu acho q dou uma pirada 9no bom sentido), com a Janis rs!

Ro, tb consulto o google pra muuitas coisas q leio rsrs!

BEijão pra todos!
Excelente dia!

Ceiça Frota disse...

Oi Michele!
Vim agradecer a visita que vc fez no Garimpus e dizer que adorei seu cantinho! Sgd tb!
Bjs
garimpus.blogspot.com

Nutrição e Cia disse...

Oi Mi tudo bem querida?
Vc já deu um pulinho lá no Muito Criança? Tá bem legal lá também, contos coisas da M.C.
Tava com saudades de ti!
Bjs Patricia

Regina Laura disse...

Mi, que delícia acompanhar seus pensamentos entre dracenas e Janis :)
A intensidade com que ela canta é mesmo de arrebatar a alma...
Adorei te acompanhar nesse momento bio-musical :)
Saudades... muitas...
Beijão

Mi Satake disse...

Tudo isso e vcs, são muito especiais pra mim. Fundamental viver e aprender com meus amigos!

Mari Amorim disse...

Gostei de vir aqui e ler-te,saio feliz!afinal, Janis Joplin é imortal
Desejo que seus dias,sejam iluminados pela essência Divina,com Boas Energias Sempre!
Abraços
Mari

Albuq disse...

O bom dos teus textos é que a gente vai junto com teu pensamento. Adorei, adorei a mistura e o texto! bjsssssssss

Ana disse...

Voltei ao passado pq cresci ouvindo Janis em alto e bom som nos fins de semana. Meu pai é apaixonado por ela até hoje. Rs
Bjs!

Carla Pinheiro disse...

Oi Mi

Eu não conhecia essa história. Conheço alguma coisa da música dela, mas a vida não. O seu post me fez curiosa... vou buscar alguma coisa pra ler.

Beijocas viu e feliz ano novo atrasado...hihihi

Leticia Carneiro disse...

Oi MIIIIIIIIIIIIIII,
Feliz Ano Novoooooooo!
Que Deus te de um ano cheio de bençãos, muita saúde e paz.
Adoro Janis Joplin, quem é que ñ viaja com as músicas dela...
bjim `´

RECOMADRES disse...

Oi Mi,
Estou em ritmo de férias e portanto, afastada do computador dando apenas umas escapadinhas pra visitar os blogs mais amigos.
Obrigada pelo seu carinho e presença sempre lá no RECOMADRES.
Adorei o post e a mistura simplesmente...legal e poético!!!
Beijos,
Cris João.

Micheli disse...

Que gostoso ler seu post e acompanhar vc em seus pensamentos! Adoro!
Beijos.

Anne disse...

Mi! Eu tb amo essa música, é demais! Janis Rules!
Agora, quero ver uma foto das dracenas, também sou toda feliz na jardinagem aqui em casa!
bjo, delícia de post!

Tatiana disse...

Mi querida!!!
Essa musica marcou muito a minha epoca solteiral...rs,escutei muito e tenho anos que nao escuto.
Vou la escutar de novo!!!
É tao bom quando encontramos maneiras de nos transportar para outro estagio as vezes, nao é nao?
Da uma sensação de paz, coisas que a musica, os cheiros, o silencio, uma paisagem...etc.. tem o poder de conquistar!!!
Tava com saudades Mi querida!
Beijocas!!

Mãe Mochileira,filho malinha.. disse...

Oi! eu de novo,só para desejar um bom fim de semana! Beijinhos...
;-)

Amanda Luna disse...

OIi Mi, acabei de chegar de viagem e vim matar a saudade!!rss
tambem adoro a Joplin!!! as musicas dela e arrepiam!!!
beijão
www.sermulhereomaximo.com.br

Rosi disse...

Ei Mi!!!
Não tenho muita mão para plantas...acho que porque é um ofício que não me atrai muito. Já tentei ter várias, mas elas sempre morrem ;/

bjks

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...