quarta-feira, abril 6

VOCÊ SE ENTENDE COM A BALANÇA?


Quanto compõe nossas preocupações, hoje? Falando por mim, afirmo que, muito. E uma das coisas que perturbam a tranquilidade nossa de cada dia é o corpo. Sempre. Seja no intuito de ganhar ou perder quilos, tonificar os músculos ou amenizar as celulites, estamos constantemente preocupados com estética  (principalmente as mulheres, apesar dos homens vaidosos de hoje), com o modo como iremos nos apresentar diante da família, dos amigos.
(Algumas pesquisas afirmam que as mulheres se sentem mais felizes magras, do que em um relacionamento amoroso legal).
Se voltarmos um pouco, vamos nos lembrar que nossas mães e avós casavam-se e tinham filhos, apenas. De uns anos pra cá conquistamos espaço no mercado de trabalho, "direitos iguais" e outras inúmeras responsabilidades, porém temos que nos apresentar a todas elas, bonitas, em dia com todas as nossas tarefas e de preferência magras. Nos pressionamos e somos pressionadas pela mídia, pela sociedade. 
Comer é bom, mas também pode ser pecado se não encontrarmos uma linha que nos liberte de  tais  cobranças, de culpas e conflitos e leve a um equilibrio.
Meus cardápios, posso dizer que são balanceados, embora longe da perfeição (procuro comer sempre um pouco de cada grupo alimentar, consumir muita água, pouca gordura e nenhum refrigerante, apesar de achar chatésimo tudo isso). Sempre briguei e continuo ainda, meio desentendida com a balança, sempre imaginando o que poderia melhorar.
Depois dos filhos, ganhei alguns quilos e sim, fiquei feliz; o restante a academia - e meu esforço - devem cuidar de realizar e me levar àquele equilíbrio que mencionei.
Pensando em tudo isso ou conversando com algumas amigas sobre dieta e controle de peso, não há como negar que nossa cultura e as falsas referências incitam os desejos de consumo, dificultam a relação e o entendimento com nós mesmos e faz com que nos escravizemos diante de nossa  imagem.
Acho que o ideal é consumirmos  de forma consciente, o que o  físico precisa e o que nos satifaz. O que  permita olhar no espelho sem desejar mais (ou menos). Isso não significa, necessariamente, um corpo absolutamente esguio ou malhado, mas sim um corpo que possamos conhecer e acima de tudo respeitar.

Falei também sobre controle de calorias neste post: A vida mais (ou menos) doce.

E vocês se dão bem com a balança?  Fazem dietas? 
Acreditam em peso ideial?

Beijos a todos

24 comentários:

Roberta M. disse...

mimimimi...que assunto Mi!!!! Olha, quando eu casei, fiz uma dieta e perdi 13kg, de lá prá cá, 14 anos, devo ter engoradado uns 5kg de volta, mas bem vindos, pois tava um espeto de pau horroroso!! Já fui bem mais neurótica com peso, hoje relaxei mais, mas ainda tenho como meta ser feliz, mas saudável!! Balança eu nao subo nem que me paguem, bem, se me derem um carro novo, eu subo, mas de olhos fechados e ouvidos tampados rsssss beijocasss
ah, ainda nao sei se vou participar da blogagem da Anne, nao tenho tanta estórias assim!!

Mi Satake disse...

Ro q legal sua opiniao. Sabe q tb engordei uns quilos depois do Theo e fiquei mais feliz, era muito magra...
E acho q devemos mesmo é procurar ser feliz né?
Cansei de ficar muito neurotica!

Bjobjo

Lília disse...

Eu simplesmente odeio a balança, porque para quem tem tendência a engordar como eu, ela parece uma carrasca que diz: Quem mandou vc comer aquele sundae de chocolate. Porque gordo é assim, você pensa em comer e já engorda, saca?

A gente vai tentando... mas que é complicada essa relação com a comida e com a balança é!

Ana disse...

Sou a sanfona: Prazer!
Eu vivo no vai e vem nesses 39 anos. Não sou satisfeita com isso claro. Me foge muitas vezes pelo velho motivo de achar que doces, comida vão aliviar meu estress. Hoje estou novamente na luta, na reeducação mais uma vez. Homeopatia tá me ajudando e eu resolvi ajudar a mim mesma. Por isso sou muito atenda a educação alimentar do meu filho. Não quero e nem ele precisa passar por isso. Beijos!

Mi Satake disse...

Ah o efeito sanfona hein mulheres?

Cansa né?

olha essa dica da Ana é bem legal. Homeopatia!
É lento mas é muito eficaz e resolvi muitos problemas com ela!

E vamos seguindo, né?

✿ chica disse...

Xiiiiiiiiiiii...estou precisando desses cuidadinhos mas cadê a vontade de controlar??/Tô procurando,rsrs beijos,chica

Malu disse...

Mi, amiga querida


Graças a Deus ,eu e a balança nos damos muito bem ...
:)
Quanto ao peso ideal , acredito que é aquele que nos faz sentir bem diante de nós mesmos.


Bjo Grande e um Dia de Paz.

Fabi a loba!!! disse...

Oi Mi, dieta... putz... não consigo fazer nem em sonho... para falar que nunca fiz, uma vez fechei a boca com uma dieta louca inventada por mim... (não recomendo) comia uma vez ao dia somente(3 hrs da tarde) e o resto do dia só tomava água... doideira não? Emagreci 10 quilos em quase 4 meses, passei fome, fiquei fraca, pra nunca mais.
Mantenho meus 58 quilos hoje comendo normalmente, sou preguiçosa então nem chego perto de academia...rsrs...AMO, sou viciada em coca-cola, tomo quase todos os dias...rsrsrs ...mas acho que a genética me ajuda a manter o peso, caso contrário seria uma balofa...rsrsrs

Beijos

Mika disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mika disse...

Oie Mi,

Eu sou bem neurótica em relação ao meu corpo. Já fiz dieta maluca, já tomei remédio e quase passei mal. Todo dia penso que poderia ter três kilos a menos e fico deprimida com isso.

Eu não sou deixo de comer, muito pelo contrário, como muito doce, mas depois sempre compenso fechando a boca durante a semana.

Queria não ser escrava disso, mas eu tenho necessidade de ser magra. Nunca comparei nem critico quem está fora do peso, acho que todo mundo deve ser feliz da sua maneira, mas quando o assunto sou "EU" me cobro muito.

Eu sei que isso deveria ser tratado, tenho consciência disso. Ufa, desabafei. Desculpa o comentário enorme.

Beijos,

ogatoquepesca.com

Minéia Pacheco disse...

Olá Mi,

Quando fiquei grávida engordei uns 25 quilos!!!! Mas você acredita que eu gostei? rsrsrs. Era muito magrinha e depois que me tornei mãe fiquei com um físico melhor, claro que hoje em dia controlo meu peso e quando pensar em ter outro filho irei me cuidar mais!!

Beijão para você e ótimo post!!!

Shuzy disse...

Cuido do peso e não brigo com a balança, afinal, a coitada não tem culpa pelos meus deslizes!
hehehe

Mãe Mochileira, Filho Malinha.. disse...

oieee...olha,eu juro que nunca liguei para ela..sempre fui magrela,a vida toda...ate que acho que com o peso da idade( os 30 chegaram,rsrs),notei que as coisas ficaram mais dificeis..kkkkkkkkk..e em um mes só, vi a balança apontar 5 kilos a mais..uaiii!! pois é..to controlando mais meu prato,capricho no meu treino e aumentei o percurso da corrida..kkk..é o jeito!!
to correndo(literalmente) atras do preju! rsrs..
beijos Mi,uma otima semana!!!

Mi Satake disse...

Legal ouvir o q pensam sobre o assunto!
(neura de mulher, o peso, né meninas?)

Boa noite e tudibom por aí (aqui Theo e Sofia falando como matracas rs)!!

Marcia disse...

Olá Michelle, boa noite ou melhor bom dia!!!! rsrs passei relâmpago pra dizer que adorei sua visita e espero vê-la sempre por lá. Hoje quando o dia clarear volto aqui pra passear conhecer melhor seu espaço.

Beijos,

Marcia
www.luzcameradiversao.com

Mi Satake disse...

Oi Marcia!

Visita boa a sua tb. Entre e sinta-se sempre a vontade!

Beijão

Marcia disse...

Oi Mi, disse que voltava e voltei!!!
Quem disse que é facil ser mulher?! Não bastasse as oscilações hormonais mensais, a dupla, tripla, quadrupla...jornada e ainda viver brigando com a balança? Briguei a vida inteira e ainda brigo, mas acho que o mais importante em primeiro lugar é buscar hábitos saudáveis e depois relaxar no psicologico. Se ser magra te faz se sentir fisicamente melhor e feliz, abraça. Se estar com alguns quilinhos a mais e igualmente bem fisicamente e feliz, abraça também e segue adiante!!! Tem uma continha que meu médico comentou: a cada mudança de década, nós mulheres ganhamos naturalmente 1 kilo que dificilmente são perdidos (isso sem mudar em nada nossos hábitos), se isso é uma prograssão e formos encanar tanto, quando tivermos na faixa dos 60 só teremos direto a agua rsrsrs. Importante mesmo é ser feliz e ter muita saude pra cuidar dos nossos pequenos!!!

Não repara mas ainda vou explorar mais seu blog, adorei!

Beijos

Tatiana disse...

Mi querida....por que a nossa aparencia perturba tanto a nossa tranquilidade? Que inferno isso..rs!!!
Eu me cuido bem, tenho que seguir uma dieta alimentar por problemas de saude, que no final me ajuda bastante a nao engordar.
O meu problema tem sido a falta de constância na academia. Eu costumava ir quase todo dia, e agora...hummm...e o corpo reclama, e o humor quando ve a celulite...hummm...nem te conto..rs.
Arrasou no texto,Mi!!
Beijocas!!

Amanda Luna disse...

Oiiii, eu sou vegetariana desde criança então vivo de dieta naturalmente...rs embora nã ocoma muita porcaria, tenho dois vicios: chocolate e pizza. ( todo dia como pelo menos um pedaço de choclate e todo final de semana compro uma pizza para dividir com meu marido, ou seja como 04 pedaços)apesar de não ser gorda, sofro com aquelas malditas gordurinhas localizadas e com um pouco de culote atras da coxa.... oh god!! mas quem disse que consigo ficar sem meus vicios? as vezes consigo pular uma semana sem eles, mas via dando uns 10 dias, me dá uma ansiedade..... aí acabo comprando um ou outro ou os dois paraenfiar o pé na jaca de vez!!!
Ai amiga, é duro.....rssss

ó, tá rolando sorteio de 03 pares de calçados moleca no blog, passa lá para participar quando puder tá!!
beijuu
www.sermulhereomaximo.com.br

Amanda Luna disse...

preciso perder 4kilos para ontem!!rs
beijuu
www.sermulhereomaximo.com.br

Mamma Mini disse...

Mi, vc é magérrima e chiquérrima nothing to worry about it...rs, eu me preocupo em não exagerar na dose de nada, manter uma quantidade x de alimentos, alimentos mais saudáveis mas não me privo de nada que gosto... nunca precisei brigar com a balança, acho que viver assim deve ser super chato... e num fica de farol baixo tá? Eu sei que cada dia é um dia na nossa vida, mas amanhã o sol vai brilhar viu? um beijo grande, obrigada pelas felicitaçòes, Fê

Ioly a dona do verdades... disse...

Mi, eu controlo o peso porque é mais fácil não engordar que emagrecer. Mas como de tudo, não deixo passar algo que goste muito, pensando se vai me acrescentar algumas gramas, apenas uso o bom senso e se exagero em um dia, no outro sou mais comedida.
Tem um problema em sair do seu peso é porque suas roupas ficam apertadas, feias porque não cabem direito. Além do prejuízo financeiro a auto estima vai p o pé... rs
bjk

Michele disse...

Sabe Mi,

Toda mulher se preocupa com seu corpo. Hipocrisia de quem nega.

A questão é o equilíbrio, nada de loucuras, uma fundamental e ideal dieta (e não regime) alimentar é suficiente para manter o peso ideal e por sua vez evitar excesso de peso (gordurinhas localizadas).

Por isso, faço e acredito ser o mais prazeroso, o controle diário do que se deve comer, ou seja, 6 porções de carboidratos, 5 porções de proteína, 6 porções de frutas e verduras, 1 porção de açúcar e 1 porção de óleo (total 2mil Kcal/dia), juntamente com academia.

Sem estresse, sem efeito sanfona, sem dieta esporádica (pois regime doido não dura, impossível manter), sem guerra com a balança.

Ah! E com ou sem filho, há uma diminuição da massa muscular, que vai gradativamente sendo substituída por tecido adiposo (o gasto energético tende a diminuir) depois dos 30. É genética. Por isso a importância da academia ou de 1h diária de caminhada.

Então, meninas, nada de estresse. É simples assim, e é comum.

Um beijo,
Mih (mulher, mãe, enfermeira, jurista).

Saudade daqui Mii.

Chris Ferreira disse...

OI Mi,
definitivamente eu e a balança não nos entendemos. Vivo de dieta!
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...