quinta-feira, janeiro 19

Silêncio... Ação!


Tem horas que aquela frase: Minha (ou sua) vida daria um filme, remexe as ideias. Fosse um drama ou algo disparadamente engraçado, a minha daria um longa daqueles... Ou um musical talvez; mas destes dignos de Broadway (rs), iluminado e coloridíssimo. Filme também. Acho que seria emocionante (e que biografia não é? Acho todas lindas, até mesmo as mais tristes...). Porém, teria que ser sim, bem dirigido. E super bem produzido; com riqueza de detalhes, trilha incomparável e  pano de fundo que realmente representasse minhas excentricidades e gostos, numa combinação mágica entre tons, formas, tamanhos...

Acho que todos nós merecemos algo do tipo. 
Já imaginou? Ter a vida nas telas? Assim, com ares de espetáculo, de super produção (exposição? não... algo poético, artístico)! Porque nossa caminhada é cheia de coisas belas, ricas e inesquecíveis, não  é? E mesmo as mais doídas, nos acrescentam tanto, que deixam, a seu modo, marcas especiais, mesmo que seja somente um contorno, uma parte mínima... elas deixam.
Coisas da Vida, como canta Rita Lee.


E tudo isso me veio em mente quando li sobre o novo filme dirigido por Madonna com estréia prevista  para  fevereiro no Brasil, intitulado W.E. - que já entrou em três festivais -  e que fala do Rei Edward III, da Inglaterra, que abdica de seu trono (1936) em nome do amor por Wallis Simpson, americana duas vezes divorciada.
Deixando de fora opiniões sobre a pop como diretora, fiquei comovida com o "drama" que chegará às telonas, com a entrevista e, claro, com as revelações sobre os detalhes desse amor e da imensidão e complexidade deste sentimento tão bonito, tão mal compreendido, segundo Madonna. Amei de cara!

E  o amor é mesmo uma vastidão de belezas, difícil de descrever,  que aparece sob diversas formas  em nossas vidas, arrebatando, questionando, provocando,  inspirando... e por ele concedemos, entendemos e construímos  história(s); belas histórias. E muitas delas, ou elas todas dariam um bom filme. De bilheteria histórica, digno de Oscar... pra ficar... e emocionar.




A sua vida daria um filme (rs)? Ou uma novela?
Uma série, com muitos capítulos e infinitas temporadas! É a minha!


7 comentários:

Ana disse...

Ih a minha seria uma novela!
Nem drama, nem comédia.
Xii agora vou ficar viajando nisso por dias! Rs
Beijos!

Mi Satake disse...

kkkkkkk sei como é amiga! A gente viaaaja!

Bjs

AC disse...

Mi,
Você é mesmo uma sentimentalona! :)
Mas eu gosto disso.

Beijo :)

Poeta Mauro Rocha disse...

A vida já é um filme que começa com uma aventura que pode ter pitadas de comédia que pode se tornar um drama ou às vezes ficção numa dessas cenas eróticas ou apenas um fim de dia que foi um terror, enfim é tudo meio west coisa infantil, mas nem sempre nessa ordem.

Tenha um ótimo fim de semana.

Mara Melinni disse...

Estou curiosa pelo filme... com certeza a vida reserva momentos que dariam um bom filme!!!

Bjss

Albuq disse...

Fiquei babando imaginando o filme! Quero vê também! Adorei o post!

Mamma Mini disse...

Mi minha vida não caberia num filme kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk vários volumes seriam necessários e eu só tenho 33 rs rs rs
quero ver o filme! e quero ver vc também! vamos marcar? beijo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...