quinta-feira, junho 7

Nós



"...A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar
duram uma eternidade..."
Clarice Lispector 


Houve um tempo  em que eu insistia em buscar o que mais gostava de fazer; Ou conviver, ou estudar sobre, ou falar sobre... Amante de moda, de arte, de fotografia, de paisagismo, de propaganda... Um desassossego que parece meio estranho, para a maioria, pelo menos.
Depois de vivenciar  um pouco de tudo, estudando, pesquisando, tentando direcionar meu coração para o que ele entendesse como predileto, desisti. Quanto mais eu me envolvia, quanto mais eu me enfiava em orquidários, ia a eventos de moda, ou lesse e estudasse sobre fotografia, mais eu adorava tudo.
Dos anos nas agências de propaganda tenho memórias impagáveis. Do que conheci, das pessoas, dos amigos, das surpresas... Carrego como ouro, como algo que está aqui, que me habita e contorna minhas escolhas e preferências, de algum modo...
E o tempo vai correndo. Queremos mais e mais...
De tudo, me surpreendi e me surpreendo a todo tempo, com a maternidade. Com a presença doce do Theo e da Sofia; com seus sorrisos e frases que me arrebatam. Todos os dias.
Há quem diga que amor de mãe é tanto, que dói, que paralisa. E paralisa mesmo.
Vida de mãe é missão, é um compromisso que envolve desde o prazer até o sofrer, passando por consolar, ensinar, formar, conceder, harmonizar e mais tantas outras coisas.
É, dá um trabalhão. Sem horários, sem descanso. No entanto, é o que mais acresce, é o que mais prepara, mais fortalece. Por hora, mesmo acalentando  muitos projetos, fotografando uma ou outra coisa e flertando com outros mil e um assuntos atraentes,  estou engajadíssima em ser toda deles, dos meus filhos Theo e Sofia.
E você, o que mais gosta de fazer?


Ser mãe... coisa encantadora. Enlouquecedoramente maravilhosa! 




8 comentários:

Betty Gaeta disse...

Oi Mi,
Sinto muita saudade de qdo minha filha era pequena e o meu tempo era qse todo voltado para ela. Eu a criei sozinha, não podia contar com o pai dela, então era uma correria para terminar faculdade, trabalhar e ficar com ela.
Sou bem voltada a moda, artes, decoração, enfim tudo que tive que deixar de lado por ela, pois foi para sustentá-la que abandonei a publicidade e fui fazer direito. A publicidade era muito instável e crianças precisam de estabilidade.
Beijos 1000 e um feriado maravilhoso para vc.

www.gosto-disto.com

AC disse...

Mi,
Vê-se, nitidamente, que está em fase de namoro com a vida. E isso é muito bom, o Theo e a Sofia hão-de saber agradecer-lhe.

Beijo :)

Mi Satake disse...

Hummm, pois é meus amigos!
Suuuuper namoro com a vida. Suuuper!


Mas é segredo rsrs!

Amo vcs, queridos. São pra la de especiais pelo que registram por aqui!

AC e Betty Gaeta. Pois é não resiti. Me declarei, amigos!


Bjs e um excelente dia!

Shuzy disse...

Sim, sim... A vida passa depressa.
Como dizia Cazuza: "Comprar uma fazenda e fazer filhos talvez fosse uma maneira de ficar pra sempre na terra..."

Chris Ferreira disse...

Oi Mi,
que delicia de post! De bem com a vida e cheia de amor.
Amei!
Beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com.br/

Mi Satake disse...

Gente, a vida tem tantos entraves... Temos q curtir um pouquinho, né? SEnão não da... rsrsrs

Bjks pra vcs e uma boa semana!!

Estilo Hedónico disse...

Tão LINDO!!!

http://estilohedonico.blogspot.pt/

xoxo

Mi Satake disse...

Querida, tks pela visita!

Bjs e uma boa semana pra vc!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...