quarta-feira, novembro 10

O VISITANTE




Pela pequenina fresta da cortina adentravam os primeiros raios de sol.


Sobre a mesinha de cabeceira, algumas flores e um copo com água. Nas paredes apenas um relógio meio empoeirado marcando exatas 10h00.
Jacinta entreabria os olhos. A luz a incomodava. 
Passou a mão pelos cabelos e com esforço saiu de sob os lençois. Inexpressiva, apenas pensava... esfregava o rosto. A alegria do ambiente ficara por conta das rosas que lhe eram, por hora, única companhia. 

Recostada na cama, movia-se com dificuldade em direção ao café da manhã deixado a seu lado, porém faltava-lhe apetite. Ha vários dias acamada, entregara-se completamente à palidez de sua convalescença.
Novamente deitou-se.

De olhos fechados, sentiu repentinamente um calor suave tocar-lhe a face direita; 
A batida leve da porta acusava a presença de um visitante... o calor súbito tomava-lhe o restante do corpo.

Em pé diante de Jacinta, o estranho olhava-a profunda e docemente...
Ela sorria.
Sentia-se arrebatada por uma estranha sensação de ânimo!
- Olá! - disse o homem, com simpatia.
- Olá! - respondeu Jacinta, com curiosidade de criança.

A figura de cabelos claros e vestes azuladas inclinou-se em sua direção. Enquanto ela observava, ele tocava delicadamente sua testa, respirando intensamente. Fitando-a, disse:
Vim para olhar-te de perto, tocá-la de forma mais próxima, sentí-la em seus medos, em seu desconforto... Vim atendê-la.

Revestida de várias nuances e de uma multidão de novos  pensamentos, nada dizia. O sorriso que há muito fugira de suas expressões, mantinha-se fixo agora.

Mais algumas frases, cortaram o silêncio entre as quatro paredes:
Hoje querida, é para ti o recomeço, um amanhecer para horizontes que desde muito buscas afoitamente. Finalmente sinto-a adentrando seu verdadeiro destino e ele, alegremente te dá as mãos. Apenas saúda-o e lembra-te de abraçá-lo sempre.

Retribuindo com afeto, uma lágrima emocionada brotou de seus olhos.
Envolvida e refeita pelos ares pertumados que pareciam carregá-la, deu o primeiro gole em seu café, provou o doce dos pãezinhos que o acompanhavam e sorriu ainda meio confusa. Alegrava-se.

O oxigênio que preenchia seu peito e seus poros era doce. O ambiente puramente cores, a cantoria dos pássaros como novidade para aqueles ouvidos... o corpo era outro.

31 comentários:

Rosane Marega disse...

Que lindo!!!
Beijossssssssssss

Zil Mar disse...

Que lindo!!!!

Ai...que viajem.....

Adorei...final feliz...é tudo de bom!!!!

bjos querida!

Zil

VaneZa disse...

Eu ainda não tinha lindo nenhum conto seu... não que eu lembre. Uau! Que lindo!!

BeijoZzz

Juliana Dalzoto disse...

Oi Mi!!!
Bom dia!

Menina, que lindo!
Eu me arrepiei toda aqui lendo esse seu post!

Beijo grande
Ju

Denise Portes disse...

Belo texto.
beijo
Denise

Rosi disse...

Amiga!!!
Que coisa mais linda e inspiradora!!! Adorei! Ainda não tinha conhecido esse lado escritora!

Parabéns!
bjks

Dri disse...

Lindo! Mi sua sensibilidade é emocionante!
Bjos

ValeriaC disse...

Que lindo texto..quanto alento... doce dia querida...beijos...
Valéria

Isadora disse...

Oi Mi lindo o conto. Carregado de emoção e esperança.
Tão bom quando somos guiados para o nosso destino e temos a sensação de que, sim, agora tudo entrará nos eixos e o caminho será de flores.
Um beijo

Gabriela Cristal disse...

Que lindo! Você é uma fofa!
Tenha um ótimo dia,
Bjos.

Tatazinha disse...

Que lindo texto! Super beijo e tenha um dia maravilhoso!

AC disse...

Às vezes somos brindados com um doce calor, uma espécie de luz que ilumina os nossos dias...

Gostei, Mi!

beijo :)

Chica disse...

Inspiradíssimo teu conto.Lindo! um dia assim bem legal também!beijos,chica

Pelos caminhos da vida. disse...

Um lindo e emocionante conto.

Obrigada pela sua companhia.

beijooo.

Mi Satake disse...

Gente, as vezes me inspiro e arrisco um post destes rsrs!
Amo escrever. Poder dividir com vcs, todas essas minhas "mutações", como diz aqui na mensagem da Clarice Lispector na caixa de comentários, é melhor ainda!

Bjão pra vcs!

Minéia Pacheco disse...

Olá Mi,

Te conheço faz pouco tempo e não conhecia esse seu dom. Que lindo conto!
Parabéns viu... Me emocionei do início ao fim!!

Beijão e fique em paz!

Micheli disse...

Que lindo! Já pensou em escrever um livro?
Beijos, amiga!

Mi Satake disse...

Meninas, q legal curtirem meus textinhos rs! :)

Beijooooossss

Zil Mar disse...

Passando pra deixar um bjo!

Zil

Roberta M. disse...

Oi Mi, que bom que vc me conheceu e assim eu pude vir aqui e conhecer vc e já me deparei com esse texto bacanérrimo!!! Já vi que vc tb é fã da Clarice, que certamente nos inspira muito!! Assim como vc, ela e tantas, sou caleidoscópica e adoro poder ser mutante rsss, adorei suas irritaçoes do marido rsss, otimas!!! Um grande beijo e adorei seu cantinho, venho tb muitas vezes mais!!! Beijocas

Mi Satake disse...

Ro, seja mais q bem-vinda!

Bjão!

Nutrição e Cia disse...

Muito lindo Mi, bjs!

Cristina João disse...

Oi Mi,
Lindo texto!!Emocionante...
Beijos,
Cris João.

Leticia disse...

Mi
È lindo esse conto...comecei a ler e já fui imaginando o final, mas o seu final foi melhor que o meu!!!
Amiga pode contar comigo sempre que precisar, tbém quero fazer um sorteio, mas eu te aviso.
bjim

Ioly a dona do verdades... disse...

Mi, muito bom!
Você tem talento para escrever
bjks mil

Mi Satake disse...

Amigos,

Muito, muito obrigada pela presença de sempre no meu cantinho!
Logo mais to passando pela casinha de vcs! Tomar o chazinho de sempre!

Beijos e uma excelente sexta feira a todos!

Gabriela Cristal disse...

Obrigada pelo carinho, se tiver alguma dúvida quanto as receitas, só falar!
Tenha um lindo fim de semana.
BJos.

Malu disse...

Mi,


Um mini conto carregado de esperança , ...
Leitura perfeita pra se começar o dia.


BjO grande .

:)

Anng disse...

Magnífico é a sua postagem Mi..
Explendido.
Beijos querida

lis disse...

Lindo , delicado um encanto .
Ontem estive aqui , comentei e nao sei porque nao entrou, deve ter dado algum erro.
O que importa é ter voltado pra dizer que sua produção literária é aconchegante.
um abraço

Betty Gaeta disse...

Oi Mi,
Adorei a narrativa! Linda...
Eu poderia realmente dizer: É legal, é poético!
Bjkas e uma ótima 6ª – feira para vc.

http://gostodistonew.blogspot.com/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...